Orange Odalisque

orange_odalisqueEsta foi feita na mesma época deste aqui. Papel cansom colorido, lápis dermatográfico branco e grafite preto comum.

De novo o meu velho tema das odaliscas, mulheres seminuas cheias de jóias. Gosto do tema desde Ingres, e depois de ver as coisas de Ingrid Liman gostei ainda mais. Ao voltar ao modus operandi ‘analógico’, lembrei muito deste lindo estudo de Mucha – amo o drapeado luminoso e de dobras complexas, alcançado com o uso de materiais bem simples, provavelmente os mesmos que usei. Também admiro o traço seguro, sinuoso, cheio de dinâmica musical – ele alterna entre traços finos e espessos, assim como a música alterna harmoniosamente seus volumes.

Ao postá-la agora, percebi o quando a cabeça dela está torta no pescoço. Noto que a relação olho-papel é bem diferente da olho-monitor, o que possivelmente me atrapalhou aqui, além, está claro, da minha preguiça em estudar anatomia e desenhar por observação. ¬¬

Mas andei estudando… vamos ver se as próximas postagens mostram o resultado disto.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s